Papa desce em Roma e conclui sua XII Viagem Apostólica Internacional

Fonte: Rádio do Vaticano

15/05/2009 18.31.11

FR. PIERBATTISTA PIZZABALLA: PAPA MOSTRA QUE PAZ NA TERRA SANTA NÃO É UTOPIA

Jerusalém, 15 mai (RV) – O Boeing-777 da companhia israelense “El Al”, que trouxe o papa e sua comitiva da Terra Santa, aterrissou às 16h43 desta sexta-feira (hora de Roma, correspondente às 11h43 de Brasília) no aeroporto militar de Ciampino. Em seguida, o Santo Padre transferiu-se, de helicóptero, para o Vaticano, concluindo assim a sua XII Viagem Apostólica Internacional.

Sobre a intensa peregrinação de Bento XVI na Terra Santa, iniciada na última sexta-feira, dia 8 do corrente, eis o que disse o custódio da Terra Santa, Fr. Pierbattista Pizzaballa, entrevistado pela Rádio Vaticano:

Frei Pierbattista Pizzaballa:- “Realmente, foi uma semana muito intensa. No início, estávamos um pouco ansiosos, como sempre neste país. Nós nos perguntávamos como o papa seria recebido. O balanço é absolutamente positivo. O papa conseguiu transmitir uma palavra clara e forte, sobretudo, aos cristãos da Terra Santa e, ademais, nessse contexto inter-religioso, também aos judeus e muçulmanos. Sem cair na retórica, disse coisas que deveriam ser ditas. Uma palavra clara, com aquele espírito de liberdade, de serenidade, que deixou um sentido de gratidão, como também de liberdade ao interlocutor.”

P. Durante esta semana de peregrinação do Santo Padre, ouviu-se repetidas vezes a palavra “shalom, “salaam”, “paz”, “peace”. O senhor acredita que o reiterado apelo destes dias em favor da paz possa mudar alguma coisa?

Frei Pierbattista Pizzaballa:- “Certamente, a verdadeira paz aqui exigirá muito tempo: aquela paz que se baseia na integração, na dignidade das pessoas, nas relações livres e na confiança. De fato, exigirá muito tempo, mas é preciso prepará-la. Esses sinais, esses gestos, a visita do papa – por exemplo – são etapas importantes que indicam a meta e, sobretudo, fazem ver que é possível; não é um sonho, uma utopia, mas se quisermos, pode ser realidade.”

P. Dentre os lugares visitados nestes dias de peregrinação do papa, dentre os marcantes momentos vividos, qual fotografia o senhor guardaria em seu arquivo de recordações como emblema dessa presença do Sucessor da Pedro na Terra Santa?

Frei Pierbattista Pizzaballa:- “Existem vários momentos marcantes. Um deles foi a visita ao Cenáculo, que talvez caracterize o momento mais pobre do ponto de vista externo, mas que foi, ao mesmo tempo, muito intenso, muito bonito, muito forte. Outro momento de grande intensidade foi a missa em Nazaré, aquela multidão de fiéis… Esses dois momentos mostram dois lados da vida. O Cenáculo nos faz ver a pobreza, as dificuldades e a solidão. Em Nazaré, por sua vez, vimos a beleza, o entusiasmo e a paixão que existe. A Terra Santa é ambas as coisas.” (RL)

Autor: Lúcia Barden Nunes - Blog "Castelo Interior - Moradas"

Assinatura no blog: Lúcia Barden Nunes. Católica (Igreja Católica Apostólica Romana). Jornalista (Reg.Prof. MTb/RS 7.142- Lúcia Aparecida Nunes). Estado Civil: Casada (com Arturo Fatturi). Local de nascimento: Rio Grande do Sul. Data: 1960. País: Brasil.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: