“E que eu seja, enfim, teu reflexo, ó Espírito de Amor” – Frei Pierino Orlandino – OCDS – Província São José

 

Fonte: OCDS – Província São José

Vem, Espírito de Amor! Vem, ó Santo Espírito! Tão só estou, prisioneiro do meu silêncio. E esse nada seguro silêncio, meu ilusório, passageiro refúgio tranca-me em mim mesmo, impermeável ao teu sopro vivificante e as tentativas de união, que partem de Ti através dos irmãos. É desencontro completo. Meu silêncio, de repente, bate de frente e evita o encontro do OUTRO nos outros e faz aliança com minha vontade rebelde. Faze que eu acolha todas as cruzes, mesmo pesadas, e todos os “cristos” que encontro. Alguns “cristos” que encontro são estranhos! E daí? Eu também sou estranho e pesado, às vezes, até para mim mesmo. Vem, ó Espírito Santo! Vem, ó Ventania-Espírito! Derruba com força as barreiras, afasta os fantasmas e alimenta em mim a esperança. Vem, ó Brisa suave e mansa, ó Divino Espírito, crepitante Chama Fogo que queima! Recria em mim a alegria, liberta-me dos medos, revigora meu ardor e acende em mim o calor do teu amor. Quebra grilhões e correntes com teu fogo abrasador. E que eu seja, enfim, teu reflexo, ó Espírito de Amor.

Frei Pierino Orlandini

Postado por Rose em OCDS – Província São José.

Autor: Lúcia Barden Nunes - Blog "Castelo Interior - Moradas"

Assinatura no blog: Lúcia Barden Nunes. Católica (Igreja Católica Apostólica Romana). Jornalista (Reg.Prof. MTb/RS 7.142- Lúcia Aparecida Nunes). Estado Civil: Casada (com Arturo Fatturi). Local de nascimento: Rio Grande do Sul. Data: 1960. País: Brasil.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: