Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \27\-03:00 2013

Fonte: EFE – Portugal
VATICANO QUARESMA

Papa adverte sobre o mal, o sofrimento e a corrupção perante a Cúria

 Cidade do Vaticano, 24 fev (EFE).- O papa Bento XVI afirmou que “o demônio sempre tenta sujar a criação de Deus” através “do mal deste mundo, do sofrimento e da corrupção”, perante os membros da Cúria romana e o cardeal Gianfranco Ravasi, diretor dos exercícios espirituais.

“Escuridão e sujeira. O mal trabalha para escurecer, para sujar a beleza de Deus”, afirmou o papa, que em 28 de fevereiro renunciará a seu pontificado, após uma semana de exercícios espirituais na capela “Redemptoris Mater” do Vaticano.

O sumo pontífice durante uma visita ao santuário de Fátima (Portugal) em 2012. EFE/Arquivo

O sumo pontífice durante uma visita ao santuário de Fátima (Portugal) em 2012.

EFE/Arquivo

“Mas da escuridão e da lama – continuou – emerge com a fé que ajuda a encontrar a bússola entre as trevas, a mão de Deus, para redescobrir o amor e a verdade”, acrescentou.

O líder religioso se referiu ao Deus que cria o mundo para no final ver que “tudo é muito lindo”, disse.

Tudo isso, afirmou o papa, “está em contradição com o mal neste mundo, o sofrimento, a corrupção (…) como se o diabo quisesse contaminar permanentemente a criação, para contradizer Deus e brigar com sua verdade e sua beleza”.

Após a experiência espiritual dos últimos dias, o papa Bento XVI agradeceu à Cúria por esses oito anos que levaram com ele, “com grande competência, afeto, amor e fé o peso de ministério petrino”.

Depois, em sua primeira aparição depois uma semana de exercícios espirituais, o papa recebeu em audiência privada de pouco mais de meia hora o presidente da República da Itália, Giorgio Napolitano e sua esposa.

Bento XVI disse a Napolitano que rezará pela Itália, agradeceu por sua amizade e manifestou seus melhores votos para o bem da Itália, “particularmente nestes tempos”.

Napolitano transmitiu a gratidão do povo italiano pelo magistério que Bento XVI desempenhou e garantiu ao pontífice que a gratidão e o afeto do povo italiano o acompanharão pelos próximos anos.

Por outro lado, a Secretaria de Estado da Santa Sé rejeitou hoje as “tentativas de condicionar os cardeais, com vistas ao Conclave, com a divulgação de notícias frequentemente não verificadas ou verificáveis e, portanto, falsas, com grande prejuízo a pessoas e instituições”.

A Secretaria de Estado da Santa Sé, mediante uma nota publicada no site da “Rádio Vaticana”, lembrou que “a liberdade” do Colégio Cardinalício, “cuja missão é a de proporcionar um novo papa à Igreja Católica, sempre foi defendida pela Igreja, para garantir uma eleição baseada unicamente em decisões em prol da Igreja”.

O modo atual com que se tenta influir nos cardeais mudou – afirma – e, atualmente, “tenta-se alterar a opinião pública através de argumentos e valorações que não refletem a atmosfera espiritual que a Igreja está vivendo”.

“É deplorável que, ao se aproximar a data do Conclave, se multiplique a divulgação de notícias frequentemente não verificadas que causam um grande prejuízo à instituição e a seus integrantes”, concluiu.

Por sua vez, o porta-voz vaticano, o jesuíta Federico Lombardi, também denunciou hoje a existência das mesmas pressões que a Secretaria de Estado lamenta, para condicionar o livre exercício de voto no Conclave, já que vários cardeais estão sendo “considerados indesejáveis por uma razão ou por outra”.

Além de um editorial escrito hoje para a “Rádio Vaticana”, em que Lombardi declara que “o caminho da Igreja nas últimas semanas do pontificado do papa Bento XVI, até a eleição do novo papa através da Sé Vacante” e o Conclave, é “muito difícil, dada a novidade da situação”, o jesuíta compareceu em uma breve entrevista coletiva no Vaticano.

Lombardi assegurou que nem todos os meios de comunicação podem ser acusados de publicar rumores, mas indicou que é o caso de alguns veículos italianos e de vários estrangeiros que continuam difamando, são notícias que falam de uma “forma negativa e premeditada”.

E o representante fez um apelo à imprensa para informar com comedimento sobretudo quanto ao que acontece na Igreja Católica. (Agência EFE – 27.02.2013)

Read Full Post »

Publicado em 24/02/2013

VideotecaCatolica: O Papa Bento XVI fez a última meditação e oração do Angelus de seu Pontificado, antes de renunciar. Cerca de 100 mil pessoas – que varias vezes gritaram “Viva o Papa!” – acompanharam as palavras e a oração do Santo Padre (Praça de São Pedro, 24 de fevereiro de 2013).

Read Full Post »

PAPA BENTO XVI – AUDIÊNCIA GERAL – Discurso proferido no Vaticano – 13 de Fevereiro de 2013 (Site do Vaticano)

PAPA BENTO XVIAUDIÊNCIA GERAL

Sala Paulo VI

Quarta-feira, 13 de Fevereiro de 2013.

“Queridos irmãos e irmãs,
Como sabeis, decidi… – obrigado pela vossa amizade! – decidi renunciar ao ministério que o Senhor me confiou no dia 19 de Abril de 2005. Fi-lo em plena liberdade para o bem da Igreja, depois de ter longamente rezado e ter examinado diante de Deus a minha consciência, bem ciente da gravidade de tal acto mas igualmente ciente de já não ser capaz de desempenhar o ministério petrino com a força que o mesmo exige. Anima-me e ilumina-me a certeza de que a Igreja é de Cristo, o Qual não lhe deixará jamais faltar a sua orientação e a sua solicitude. Agradeço a todos pelo amor e pela oração com que me tendes acompanhado. Obrigado! Nestes dias, não fáceis para mim, senti quase fisicamente a força da oração que me proporciona o amor da Igreja, a vossa oração. Continuai a rezar por mim, pela Igreja, pelo futuro Papa. O Senhor vos guiará.


As tentações de Jesus e a conversão para o Reino dos Céus

Amados irmãos e irmãs

Hoje, Quarta-Feira de Cinzas, damos início ao Tempo litúrgico da Quaresma, quarenta dias que nos preparam para a celebração da Santa Páscoa; é um tempo de compromisso particular no nosso caminho espiritual. O número quarenta aparece várias vezes na Sagrada Escritura. De modo particular, como sabemos, ele evoca os quarenta anos durante os quais o povo de Israel peregrinou no deserto: um longo período de formação para se tornar o povo de Deus, mas também um longo período em que a tentação de ser infiel à aliança com o Senhor estava sempre presente. Quarenta foram também os dias de caminho do profeta Elias para chegar ao Monte de Deus, o Horeb; assim como o período que Jesus passou pelo deserto antes de começar a sua vida pública e onde foi tentado pelo diabo. Na Catequese hodierna, gostaria de meditar precisamente sobre este momento da vida terrena do Senhor, que leremos no Evangelho do próximo domingo.

Antes de tudo o deserto, onde Jesus se retira, é o lugar do silêncio, da pobreza, onde o homem permanece desprovido das ajudas materiais e se encontra diante dos pedidos fundamentais da existência, é impelido a ir ao essencial e, precisamente por isso, é-lhe mais fácil encontrar Deus. Mas o deserto é inclusive o lugar da morte, pois onde não há água também não há vida, e é o lugar da solidão, onde o homem sente mais intensa a tentação. Jesus vai ao deserto, e ali padece a tentação de deixar o caminho indicado pelo Pai para seguir outras veredas, mais fáceis e mundanas (cf. Lc 4, 1-13). Assim, Ele assume as nossas tentações, traz consigo a nossa miséria, para vencer o maligno e para nos abrir o caminho rumo a Deus, a senda da conversão.

Meditar sobre as tentações às quais Jesus foi submetido no deserto é um convite para cada um de nós a responder a uma pergunta fundamental: o que conta verdadeiramente na minha vida? (continuar lendo…)


Read Full Post »

Missa de Cinzas – Última Homilia do Papa Bento XVI – 13.02.2013 – Basílica de São Pedro (Rede Aparecida)

Missa de Cinzas – Última Homilia do Papa Bento XVI – 13 de Fevereiro de 2013 – Basílica de São Pedro

Publicado por Rede Aparecida (em 14/02/2013).

Transcrição – texto completo em Português: http://www.vatican.va/holy_father/ben…

Read Full Post »

VideotecaCatolica

Renúncia de Bento XVI

Publicado em 12/02/2013

Imagens da renúncia do Papa Bento XVI. De forma calma e surpreendente, o Santo Padre fez o anúncio em Latim diante dos Cardeais, no Consistório, em 11/02/2013.

Texto da Declaratio: http://www.vatican.va/holy_father/ben…

Publicado em Videoteca Católica.

Read Full Post »